Segunda-Feira, 16 de Julho de 2018
Página Inicial
Gabinete do Prefeito
Gabinete do Vice-Prefeito
Secretarias
Notícias
Publicações Legais
Contas Públicas
História do Município de Iraí
Balneário Oswaldo Cruz
Pontos Turísticos
Localização de Iraí
Galeria de Fotos
Telefones Úteis
Hospedagem
Gastronomia
Lei Orgânica do Município de Iraí/RS
Rota das Águas e Pedras
Rota das Gemas & Jóias
Contato
CMDCA

História de Iraí - Parte VI

✅ No dia 25 de dezembro de 1935, numa das salas da Prefeitura de Iraí, tomam posse os vereadores da primeira Câmara Municipal de Iraí: Dr. Heitor Silveira, José Beltrame, Firmino Santa Helena, José Santinelli, Otto Felenberg, Tereza Elisa Loock, estando porém, justificadamente ausente, o Sr. Antônio Marino Zanatto.

✅ A designação “Cidade Saúde”, surgiu em 1936, sendo encontrado este termo em propaganda e anúncios. Isto deve-se ao fato da fama das águas termais (Martin Fischer, em “Iraí Cidade-Saúde”, 1954).

✅ “A fonte termal de Iraí é uma dádiva da Divina Providência à humanidade. Como tal que e deve ser considerada, com profundíssima gratidão” (Martin Fischer, em “Iraí Cidade-Saúde”, 1954, p.64).

✅ Em 20 de fevereiro de 1941 foi inaugurado o Cassino Guarani, o proprietário do empreendimento Eurico Nunes da Silva, foi quem projetou o prédio, sendo orientado pelo engenheiro João Prestes de Oliveira.

✅ “Eurico Nunes da Silva chegou ao município de Iraí, objetivando realizar uma hidroterapia. Decorridos quarenta e cinco dias de terapia com as águas termais, sentindo-se completamente restabelecido, houve por bem “retribuir à cidade” a cura auferida. Para tanto, resolveu construir um cassino, denominando-o de Guarani” (Sirlei Rossoni, em O Cassino Guarani, p.21,2001).

✅ “Os turistas que veraneavam pela cidade se impressionaram com que a casa lhes ofereceu no dia da inauguração: restaurante, bar, salões com luzes coloridas, móveis luxuosos, uma orquestra com seis músicos contratada em Santo Ângelo e muito jogo” (Sirlei Rossoni, em O Cassino Guarani, p.26, 2001).

✅ No verão, o número de frequentadores aumentava devido às águas termais. No verão de 1942, companhias aéreas organizaram vôos para Iraí, sendo que os hotéis precisaram acomodar turistas nos corredores (Sirlei Rossoni, em O Cassino Guarani, 2001).

✅ Devido às pressões da Igreja Católica, o presidente da República, marechal Eurico Gaspar Dutra, no dia 30 de abril de 1946, decretou o fechamento dos cassinos no país. Esta decisão afetou drasticamente as finanças de todas as cidades que possuíam cassinos, inclusive Iraí.

✅ Em 1993, o vice-prefeito em exercício autorizou a demolição para a construção de edifício de lojas. O Ministério Público, munido do vasto documentário, inclusive de Parecer Técnico da Secretaria de Estado da Cultura, da qual era Secretária a renomada ecologista Hilda Cauduro, documentário existente nos autos da Ação Civil Pública n° 8062-130/94, fez competente e louvável trabalho pela suspensão da demolição do "Casino Guarani", mas a juíza de direito não concedeu a liminar e por fim julgou improcedente a ação. Assim, Iraí perdeu valioso monumento histórico.

✅ O Cassino Guarani localizava-se na Rua Antônio de Siqueira esquina com a Rua Pereira Filho.

-----------------------------------------------------------------------------

➡️ Agradecemos a valiosa colaboração do advogado Dorvalino João Uez, que ajudou de forma primordial neste resgate histórico.

Autor: AI/ Prefeitura de Iraí | 30-06-2018


 
 



Rua Valzumiro Dutra, 161
Bairro Centro - Iraí
CEP 98460-000
Rio Grande do Sul - Brasil

Fones:
(55) 3745 1288
(55) 3745 2047 (Centro de Informações Turísticas)

E-mail:
contato@irai.rs.gov.br ou pmirai@speedrs.com.br